COMO ESCOLHER A PLATAFORMA DE MICROLEARNING IDEAL? VEJA 7 DICAS!

/
Mulher olhando a tela de um computador

Uma plataforma de microlearning é um recurso muito interessante para as empresas, permitindo a retenção do conhecimento organizacional e o treinamento ágil dos colaboradores. Essa solução funciona como um apoio para que a organização tenha mais controle sobre os processos e trabalhe com a capacitação dos profissionais de modo eficiente. 

Para aproveitar os benefícios dessa plataforma, é fundamental escolher uma solução que supra as necessidades da empresa. Por isso, é preciso avaliar os recursos que ela oferece, como é o processo de implementação, a facilidade de utilização, entre outros aspectos relevantes. 

Pensando nisso, trouxemos 7 dicas de como escolher uma plataforma completa de microlearning. Confira nossas sugestões e saiba como encontrar a melhor solução para o seu negócio!

1. Considere as necessidades da empresa

O primeiro passo para escolher uma boa plataforma de microlearning é conhecer as necessidades da empresa. De nada adianta ter a melhor solução do mercado, se ela não oferece o que a organização realmente precisa. O fundamental é encontrar algo que seja eficiente e que traga resultados. 

Portanto, avalie de que modo a plataforma será utilizada e quais são as funcionalidades necessárias para que ela seja útil para a empresa e os colaboradores. Desse modo, você saberá como analisar os próximos pontos, fazendo uma escolha mais segura e produtiva. 

2. Identifique as funcionalidades

Depois disso, vale a pena identificar as funcionalidades que a solução oferece. É nesse momento que você confere se as funções atendem as necessidades do negócio. Portanto, essa deve ser uma análise minuciosa e paciente, afinal, os bons resultados serão atingidos com o auxílio dessa ferramenta. 

Veja quais processos são automáticos, confira de que modo a empresa pode monitorar as atividades feitas na plataforma, se ela oferece relatórios, entre outras funções interessantes. Conhecer as funcionalidades também é essencial para que todas as alternativas sejam aproveitadas, utilizando a solução de maneira integral. Isso evita que bons recursos não sejam utilizados por falta de conhecimento. 

3. Verifique o suporte

Outro ponto fundamental é conhecer o suporte oferecido. A solução pode apresentar problemas em algumas situações ou sua empresa pode encontrar dificuldades para utilizar as funcionalidades existentes. Nesses casos, é preciso recorrer ao fabricante para saber como resolver as dificuldades. 

Por isso, é importante saber se o suporte é eficiente, ágil e simples de ser contatado. Verifique se o contato é feito por telefone, e-mail ou algum outro canal de comunicação e qual é a disponibilidade desse serviço. Essa é uma forma de saber se você terá a ajuda necessária quando for preciso, sem ficar desamparado quando precisar do apoio profissional da equipe da plataforma. 

4. Avalie a possibilidade de obter relatórios e dashboards

Para aproveitar melhor a solução, é interessante contar com uma ferramenta que ofereça relatórios e dashboards. Esses são recursos que permitem que a empresa acompanhe o desenvolvimento dos colaboradores, o que ajuda a aperfeiçoar os treinamentos e corrigir erros que possam prejudicar o processo. 

Isso permite que os usuários tenham acesso a um painel de informações em que poderão acompanhar, entre outras coisas, quais foram suas publicações mais vistas, mais curtidas e mais comentadas. Além disso, os gestores podem acompanhar o nível de engajamento e de conhecimento de suas equipes, por meio de diversos indicadores e análises.

Sendo assim, é possível acompanhar o progresso da equipe e testar os conhecimentos dos colaboradores na forma de um jogo de perguntas e respostas, por exemplo. Com o retorno desses testes, a empresa pode modificar algumas partes do treinamento, visando sempre atingir os profissionais de maneira mais eficiente. 

5. Considere o uso da Inteligência Artificial

Algumas tecnologias podem tornar a plataforma mais eficiente, potencializando o treinamento dos colaboradores e trazendo bons resultados para a empresa. Portanto, vale a pena considerar se a solução oferece o uso da Inteligência Artificial , pois os benefícios desse recurso são facilmente notados. 

Os mecanismos de Inteligência Artificial selecionam e priorizam publicações exibidas a cada usuário, de acordo com a forma como o sistema é utilizado. Desse modo, os conteúdos se tornam personalizados, o que contribui para o engajamento dos colaboradores nos programas e potencializa os resultados obtidos. 

6. Veja a possibilidade de publicar e acessar vídeos

Os vídeos são conteúdos bastante acessados atualmente, pela facilidade que oferecem aos usuários e pelo dinamismo que trazem. Sendo assim, é interessante contar com uma plataforma de microlearning que possibilite a publicação e o acesso a eles, trazendo mais esse recurso para a empresa. 

Com os vídeos, é possível aumentar o engajamento dos colaboradores nos conteúdos, o que é importante para que a estratégia funcione e traga os resultados esperados. Além disso, esse formato facilita a compreensão dos temas apresentados, o que torna o treinamento mais eficiente. 

7. Analise as funções de pesquisa

Ter uma plataforma repleta de conteúdos é importante, entretanto, também é essencial ter facilidade para encontrar o que se deseja em poucos cliques. As funções de pesquisa devem ser simples e capazes de filtrar com rapidez. Sendo assim, ao procurar uma informação, uma pessoa, um tópico, um especialista ou um assunto, basta utilizar a “barra de busca” para chegar ao destino. 

Outro diferencial interessante é o reconhecimento de fala para encontrar conteúdos que estão em formato de vídeo. Dessa forma, o que é falado nos vídeos será transcrito e indexado automaticamente usando inteligência artificial. Assim, é possível achar exatamente o que se procura, mesmo que o conteúdo esteja no meio de um vídeo. 

Neste artigo, trouxemos algumas dicas para escolher a plataforma de microlearning ideal para a sua empresa. O processo de implementação dessa ferramenta é importante para que ela traga os resultados esperados. Por isso, é preciso paciência para que todos os colaboradores se adaptem aos recursos oferecidos e aproveitem cada conteúdo disponibilizado. Dessa maneira, a organização conseguirá capacitar seus profissionais de modo ágil e eficiente. 

Gostou das nossas sugestões sobre esse tema tão relevante? Então, compartilhe o artigo nas suas redes sociais e ajude mais pessoas a escolherem a melhor alternativa de microlearning para as suas empresas!

Compartilhe
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp